Eu não sei mais fingir

Olá, antenadas!
Eu sempre escrevo textos sobre experiências pessoais e de terceiros, gosto de transformar sentimentos em palavras e quase nunca permito que vocês conheçam esse meu lado, sinto vergonha, medo, receio, não sei. No entanto, as vezes surge uma foto que se encaixa de uma forma tão harmônica em algum de meus textos, que eu resolvo compartilhar com vocês. Espero que gostem. 
Fingir sentimentos sempre foi algo que eu dominava, me orgulhava disso, inclusive. Era bastante convincente em meus sorrisos, gargalhadas até, sabia fingir uma vida feliz, cheia de momentos felizes, pais perfeitos, amigos fiéis. Fingia ser popular, a garota descolada da escola, aquela que os pais se orgulhava e a neta mais querida. Fingia ser a desejada por todos os homens, ter dinheiro para gastar com besteiras e fingia uma felicidade interminável. O tempo passou. Fingir, não se fez mais necessário, ninguém conseguia ser tão feliz quanto aparentava e ter problemas virou necessário, recorrente, presente, existente. Fingir já não era de meu domínio, ser feliz o tempo todo era quase que impossível e todos sabiam. Sorrir. pra quê? Chorar. Aconteceu. Desistir? Talvez. A vida parecia ser mais dura do que eu gostaria, fingir não era a solução. Eu era popular? Sim. E meus problemas continuavam mesmo com toda popularidade? Sim. Que importância ela tinha, então? Ego. Ser feliz passou a ser resumido a isso, a uma popularidade que acabaria no primeiro socorro, no primeiro grito e eu acordei. Fingir ser popular era legal? Não mais. E agora? Vamos seguir. Passei a observar as coisas sem fingimentos. Vesti um manto transparente que nada esconde e já não sei mais fingir. Já não sei mais esconder meus sentimentos, hoje em dia eu sofro mais, porém, meu sorrido é sincero. Hoje em dia eu sou menos popular, porém, meus amigos são verdadeiros. Hoje em dia eu trabalho mais, porém, meu dinheiro é meu e é real. Hoje em dia eu tenho menos tempo livre, porém, tenho melhor aproveitado a vida. Hoje em dia eu não finjo, porém, omito aquilo que não se faz necessário uma exposição. 

Sejam sinceros, antes de tudo, com vocês. 


Me acompanhe nas redes sociais

6 comentários :

  1. Acho que ninguém quer compartilhar as fraquezas, se mostrar veraneável, quem quer parecer frágil e triste? Todo mundo quer ser feliz, e eu acredito que quando a gente engana as outras pessoas a gente consegue enganar a si mesmo, mas até quando né? Uma hora a gente necessita de sentimentos de verdade, experiencias e outras coisas verdadeiras.

    Não sinta vergonha de compartilhar os seus ttextos, eu também tenho de compartilhar os meus hahaha, mas eu gostei bastante do seu, espero ver mais deles aqui na proxima vez :D

    http://www.leitecombiscoitos.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tipo isso,demonstrar fraquezas é complicado </3 Vou tentar compartilhar mais! Beijos e obrigada!

      Excluir
  2. Muito lindo e muito real, eu me encaixo perfeitamente nele, quem nunca fingiu ser o que não é!? Por popularidade, por modismo ou por querer parecer uma pessoa melhor? Acho que todo mundo!!
    Pra mim a sinceridade vem na frente de TUDO!! Mesmo que doa.
    Bjooo =]

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, sempre tem aquele momento triste que fingimos uma felicidade surreal, né???? Beijos e obrigada!

      Excluir
  3. Eu também penso as vezes em falar algo e depois guardo pra mim sem saber se é uma boa compartilhar
    no fim a gente guarda tanta coisa e não sei como aguentamos
    Kisses

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse lance de guardar as coisas faz um mal danado. </3 Beijos e obrigada!

      Excluir

Gostou?
Deixe aqui sua opinião, é muito importante pra mim receber esse feedback <3
Mas lembre-se, ofensas nunca são bem vindas, seja legal, o bem sempre volta.