A culpa é sempre da mulher?

Olá, antenadas!
Como eu falei, usaria esse espaço aqui para posts pessoais e vocês se mostraram bem adeptos a nova ideia e isso me animou bastante e me deixou livre para falar sobre coisas do meu dia a dia, então, vamos lá!
Hoje, posso falar com todas as letras que sou feminista! Sim, não tenho medo de me classificar assim, pois o poder de mudar o machismo presente na sociedade se encontra em minhas mãos e de tantas outras mulheres. Por mais que minha geração não consiga, essa ideologia será passada para próxima e iremos formar uma geração mais consciente de seus direitos e aos poucos vamos mudando, afinal, se hoje tenho o direito de votar, estudar e trabalhar, foi por conta de mulheres que lutaram todos os esses anos e trouxeram um pouco de sua luta para nossa geração, que vem moldando cada vez mais essa luta; 
Uma das grandes questões que me levaram ao feminismo foi justamente a do título que inicia este post "A culpa é sempre da mulher?" e o feminismo me levou a ter uma visão mais ampla desse questionamento e não me limitar a pensar que seria uma simples "pirraça". Vivemos em uma sociedade onde a mulher é reduzida em relação ao homem, ainda somos o sexo frágil, ainda somos a dona de casa e mãe exemplar. Não somos vistas como mulheres independentes, inteligentes, capazes de tomarmos nossas próprias decisões e, acredite, não é vitimismo, é realidade! Basta observar um pouco ao redor! Os pais permitem que seus irmãos façam coisas das quais você será colocada de "castigo" e terá sua mesada cortada caso repitam. Suas mães as chamam para ajudar na arrumação da casa enquanto seus irmãos ou pais estão no sofá "coçando os sacos" e caso você se negue, assim como eles, é chamada de mal criada e "vagabunda". Na rua, somos chamadas de puta quando aproveitamos a vida com a roupa e os parceiros que queremos, enquanto o homem é chamado de "garanhão" e "o cara" por fazer o mesmo... Mas essas questões são exemplos ínfimos perto de tantos outros. Quando uma filha resolve perguntar para seus pais o porquê dela não poder tal coisa, eles respondem de forma curta "porque você é mulher" e fazem com que ela cresça achando que isso é um defeito. Triste não é? A resposta certa seria "porque a sociedade é machista e cabe a você desconstruir esse machismo e lutar por seus direitos", seria mais fácil se fosse assim, não é mesmo? 
Homens podem largar uma gestação, mulher não. Homens podem andar com ou sem roupa e não sofrerem abuso. Mulher anda de burca e ainda assim é abusada. Homem pode beber e pegar geral. Mulher que faz isso é julgada de "puta" "vagabunda" mas  nunca é vista como alguém que estava a fim de se divertir. Homem não limpa a casa. Mulher é obrigada a limpar a casa para ser vista como uma "mulher de verdade e direita". São tantos detalhes machistas que ficamos tontas. O pior de tudo isso é saber que, os pais ensinam seus filhos a reproduzirem machismo, e se na casa tiver um casal de filhos, a coisa piora 100%. Acho que tá na hora de repensarmos a criação de nossos filhos que, seja homem ou mulher, vai acabar, uma hora ou outra, sofrendo com o machismo.
Parem, pensem e se questionem sobre o título deste post e pensem se vocês querem continuar sendo as culpadas por tudo e continuar chamando feminismo de "mimimi" e "vitimismo e mal de comida".

Beijos.

Me acompanhe nas redes sociais

2 comentários :

  1. Vou compartilhar seu post, vai que meus pais veem e mudem um pouco o pensamento, né. Eu digo que sou feminista hoje em dia e sem medo. Antigamente tinha receio de dizer.
    Sempre fiquei inconformada com o fato dos meus pais trabalharem juntos e quando chegam em casa, apenas minha mãe ir limpar a casa e meu pai ficar no sofá vendo filme e babando. Mas só fui me descobrir feminista mesmo quando foi imposto varias coisas a mim, umas delas era que eu com 19 anos, não podia virar a noite com meu namorado, e o por que? Segundo meu pai é "porque ele não criou a filha dele para isso". Fiquei me perguntando para o que ele criou. Isso já me chatiou muito, mas hoje ignoro e tento dar uma melhorada aqui em casa, percebo pequenas melhoras na minha mãe, porém nada muito grande.

    ResponderExcluir
  2. Espero que seus pais leiam!!!! É muito complicado se desfazer do machismo de nossas famílias, mas espero que você consiga algo!

    ResponderExcluir

Gostou?
Deixe aqui sua opinião, é muito importante pra mim receber esse feedback <3
Mas lembre-se, ofensas nunca são bem vindas, seja legal, o bem sempre volta.